quarta-feira, 30 de junho de 2010

Estratégias pedagógicas e o uso da comunicação alternativa

§ Organizar o ambiente físico da sala de aula a partir de placas que tenham desenhos para indicar coisas básicas como: Ir ao banheiro, comer, beber água, um brinquedo especifico, sair de sala, etc. Essas placas devem ser trabalhadas com o aluno autista e esse com o tempo poderá se comunicar com a professora e os colegas mostrando o que quer;

§ Usar outro sistema baseado em figuras ou fotos selecionadas de acordo com as necessidades e/ou interesses individuais. Quando o autista estabelece a associação entre a atividade e o símbolo facilita tanto a comunicação quanto à compreensão.

§ Fazer uma prancha de papel grosso e escuro, colocar nela algumas letras do alfabeto. Pegar o desenho de alguns animais por exemplo que comecem com aquelas letras, colocar velcro atrás desses desenhos e ensinar o aluno a associar o desenho com a letra;

§ Fazer uma prancha de matemática, onde o aluno vai aprender a fazer associação do número com a quantidade trabalhar o conceito até ele mesmo poder fazer a correspondência;

§  O estudante deve ter sempre em mãos um brinquedo que é um quadro portátil com uma caneta magnética, para poder desenhar ou escrever o que quer comunicar;

§ Conversar com o estudante autista, explicar a ele o que esta acontecendo com calma e voz pausada, levá-lo a observar os movimentos do seu lábio, para que esse se concentre mais.

Um comentário:

Isabelle disse...

trabalho por dois anos como um aluno cujo diagnóstico ainda não é fechado,suspeitanto porém de autismo.tenho desejo de ampliar o meu trabalho.achei muito interessante essa proposta.
Parabéns!!!!!!! e me mandem mas material se possível
bebelle2009@gmail.com
Obrigada